Memorização de uma obra

Memorização de uma obra

Depois de umas semanas a estudar pela partitura, deverá progressivamente começar a tentar memorizar a obra. Pela minha experiência, é sempre preferível estar a olhar para o que está a fazer, do que estar a olhar para um papel.

FACTO:

Se se habitua apenas a ler por partitura e a não memorizar, o seu cérebro fica preguiçoso, já que não está habituado a sair da zona de conforto.

Imagine que estava apenas com a sua guitarra numa sala fechada e sem partituras. O que faria?!
Provavelmente teria de usar recursos do seu cérebro que jamais tinha usado.
Ao fim de uns dias estaria a tocar grande parte de memória.

Não seja filho da pauta.
.
.
.
.